A partir deste mês, o Mercado Livre começará novas contratações na América Latina para preencher 5 mil postos de trabalho. A empresa argentina de comércio eletrônico anunciou nesta terça-feira, dia 2, seu plano de contratação para o segundo semestre de 2020. E o Brasil terá o maior número de vagas abertas, com 45% das oportunidades. México e Argentina terão 25% cada; Colômbia e Uruguai também terão novos postos até dezembro.

A empresa buscará principalmente por especialistas em Tecnologia da Informação, com a expectativa de recrutar mais de 400 pessoas com qualificação na área para diversa filiais. E 70% das novas posições serão distribuídas nos centros de armazenamento da América Latina, atendendo a demanda do mercado de varejo digital e melhorando a experiência do cliente. Áreas de atendimento, negócios e administração também vão expandir suas equipes.

Cada vaga terá sua exigência técnica, mas o Mercado Livre também avaliará características de comportamento dos candidatos nos processos de seleção, como trabalho em equipe e capacidade de se adaptar a mudanças. Os interessados podem acessar as vagas pelo site: jobs.mercadolibre.com.

Fonte: Este texto foi, publicado, originalmente em Exame.