Diante do cenário de pandemia do novo coronavírus, o Recursos Humanos tem se reinventado. Afinal, seus processos e gestão são essenciais para a superação da crise nas empresas. 

Dentre as novas ações em prol da saúde, estão regras rigorosas de higiene e contato físico. Com essa nova realidade, uma das principais preocupações dos RHs é sobre como fazer a gestão da jornada de trabalho dos funcionários quando houver o retorno gradual às atividades presenciais. 

App de ponto com menor quantidade de toques 

Nesse cenário, a adoção de ferramentas tecnológicas se mostra fundamental. Um bom exemplo para registro de ponto de forma higiênica é o ifPonto Tab, app de ponto com menor quantidade de toques da iFractal.

Com esse app de ponto, o registro é feito por QR Code que, impresso no crachá, por exemplo, ativa o reconhecimento facial do colaborador. Logo em seguida, o app de ponto valida o registro. Então, basta, apenas, que o funcionário fique em frente ao aparelho, que pode ser fixado na parede. 

Outra opção da iFractal é o ifPonto Dsk que permite o registro de ponto através de um desktop. Nesses casos, o registro, também, é feito sem a necessidade de contato físico com o equipamento.

“Como não há necessidade de toques na tela, essas são as formas mais higiênicas para marcação do ponto e que minimizam a disseminação de possíveis vírus”, explica Marcelo Germano de Oliveira, sócio diretor comercial da iFractal.

Com essas possibilidades, os RHs podem acompanhar a jornada de trabalho dos funcionários de forma segura e assertiva.