Evitar a disseminação do novo coronavírus. Essa é a missão de indivíduos e organizações em todo o mundo. Como parte desse esforço, empresas passaram a oferecer home office aos seus funcionários. Além de ser um cuidado para evitar a propagação do vírus, a prática traz outros pontos positivos: maior produtividade (se feita do jeito certo) e mais tempo livre para os colaboradores —  já que eles não precisarão fazer o trajeto entre casa e trabalho.

Para ajudar o profissional com a nova rotina e preencher o tempo livre, listamos 15 instituições que oferecem cursos de inovação, tecnologia e trabalho remoto gratuitos. Confira:

Casa do Saber

Todo conteúdo da instituição de ensino Casa do Saber terá acesso liberado pelos próximos 30 dias, a partir de 18 de março. O conteúdo abrange masterclasses sobre inteligência artificial, ciência, filosofia, gestão de negócios e outros. 

Centro Paula Souza

12 cursos online e gratuitos são oferecidos pelo Centro Paula Souza. A lista inclui Gestão de Pessoas, Gestão de Tempo, Vendas, entre outras opções. A duração dos cursos varia entre 6 e 30 horas.

FGV

A (Fundação Getúlio Vargas) liberou 55 cursos gratuitos para as áreas de Direito, Economia e Finanças, Educação, Marketing e Vendas, Gestão Empresarial, Gestão de Pessoas e Sustentabilidade.

Grupo Adecco

A consultoria de recursos humanos Grupo Adecco, oferece dois cursos online e gratuitos: “Comunicação interpessoal: comunicar-se com segurança” e “Gerenciamento para mudanças rápidas e incerteza”.

Harvard

A Universidade de Harvard oferece cerca de 100 cursos online e gratuitos. Na lista estão análise de dados e saúde e bem-estar para funcionários (como a gestão pode transformar a empresa para o bem-estar dos colaboradores), entre outros, em áreas como tecnologia, Arte e Design, Negócios e Gestão. As inscrições são feitas pelo site da plataforma de ensino edX, criada inicialmente pelo MIT e pela Harvard. 

IFRS

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) oferece cursos online gratuitos nas áreas: Ambiente e Saúde, Ciências Exatas, Ciências Humanas, Educação, Gestão e Negócios, Idiomas, Informática, Pré-IFRS: Preparatório para as Provas de Ingresso no IFRS, Produção Alimentícia, Recursos Naturais e Turismo e Hospitalidade.

LinkedIn

A rede social de negócios liberou o curso online “Trabalho Remoto: colaboração, foco e produtividade”. São oferecidas dez aulas que totalizam cerca de 11 horas de estudo sobre como trabalhar à distância, interagir com a equipe, otimizar o trabalho e realizar as tarefas de forma eficaz. As aulas serão ministradas pelo autor e PMP Bob McGannon. “Ele compartilha as estratégias que usou para gerenciar equipes remotas em continentes e fusos horários distintos por mais de 20 anos”, diz a plataforma em comunicado.

McDonald’s

A Arcos Dorados, franquia independente do McDonald’s, vai oferecer aulas online gratuitas para micro e pequenos empreendedores do setor de alimentação no Brasil. O curso será divido em três módulos: segurança alimentar, higiene e desenvolvimento sustentável. O objetivo, de acordo com a companhia, é oferecer aos alunos informações importantes para o momento atual. “A mudança do olhar sobre a questão climática é o ponto mais destacado”, afirma em comunicado. As inscrições devem ser feitas pelo site

Notorium Play

Durante 30 dias, o serviço de transmissão online Notorium Play, oferece cursos online de Direito gratuitos para novos assinantes. O conteúdo da plataforma contém aulas, séries e documentários, congressos Online, comentaristas de legislação e palestras. A inscrição deve ser feita pelo site

Senai

17 cursos online estão liberados pelo serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. A lista inclui: economia circular (disponível em idioma português e espanhol), aperfeiçoamento profissional do BIM, desvendando o blockchain, indústria 4.0 e empreendedorismo. Além desses, cursos transversais também são oferecidos nos temas: consumo consciente de energia, educação ambiental, finanças pessoais, fundamentos de logística, lógica de programação, metrologia, noções básicas de mecânica automotiva, propriedade intelectual, segurança no trabalho, tecnologias da informação e comunicação. As inscrições devem ser feitas pelo site

Stoodi

A plataforma de conteúdos para estudantes de ensino fundamental e médio liberou temporariamente as videoaulas e exercícios com correção em vídeo para os estudantes. “Tendo em vista os problemas com o coronavírus no Brasil, muitas escolas do país tiveram suas aulas suspensas. Para que os estudantes não tenham seus estudos prejudicados nesse período, liberamos temporariamente o acesso gratuito”, diz o comunicado. A inscrição deve ser feita no site da plataforma

Udemy

A plataforma de cursos digitais oferece 40 cursos gratuitos. Entre eles estão: como criar um bom currículo, ferramentas importantes e curso completo de Excel para negócios,  introdução a investimento, conceitos de programação e tecnologia, entre outros. Todos poderão ser assistidos pelo site.

USP

A Universidade de São Paulo (USP) oferece cerca de 16 cursos online pela plataforma Coursera. Entre eles estão Criação de Startups: Como desenvolver negócios inovadores; Inove na gestão de equipes e negócios: O crescimento da empresa; e Marketing e vendas B2B: Fechando novos negócios. 

Veduca

A empresa de educação à distância Veduca liberou o curso “Em tempos de home office” gratuito. O conteúdo trata de como motivar, como lidar com a ansiedade e como evitar a procrastinação. 

Trevisan Escola de Negócios

A escola de negócios Trevisan liberou gratuitamente os cursos: “Liderança e Inovação em uma Economia Digital”; “Aplicações de Data Analytics (Business Analytics)”; “Contabilidade e Gestão de Custos” e “Compliance, Ética Corporativa e Prevenção a Fraudes”. Após concluir o curso, os alunos aprovados poderão poderão utilizar os créditos cursados para um MBA de sua escolha.

Fonte: Este texto foi publicado, originalmente, no site ÉPOCA