O autoconhecimento é uma das habilidades mais importantes para a vida pessoal e profissional. Conhecer motivações, entender vontades, qualidades e pontos a melhorar é um desafio que pode ser exercitado no dia a dia sem que seja necessário o alto investimento em cursos e programas de imersões. 

Cuidado com pessoas tóxicas
Ouvir feedbacks é algo que ajuda no autoconhecimento, sobretudo, no início do processo, quando, ainda, é desafiador reconhecer qualidades e defeitos. Porém, escolha quem ouvir. Cuidado com pessoas negativas e que só apontam defeitos.

Francisco Mello, especialista e estudioso em cultura organizacional, explica o motivo pelo qual se deve ter cautela com pessoas tóxicas. “Temos uma tendência de confundir comportamentos com identidade. Nossa identidade é abalada ao recebermos um conselho ou direcionamento. Acreditamos, irracionalmente, que “somos” aquele feedback. Tendemos a acreditar que algo é 100% verdade pela forma que nos sentimos no momento (o “raciocínio emocional”). Isto é, se estamos tendo um dia ruim tendemos a achar que somos ruins.” 

Leia
Uma das formas mais comuns de praticar o autoconhecimento é com a leitura de livros. Entretanto, o gênero autoajuda deve ser evitado, já que pode resultar em mais dúvidas. Em vez disso, opte por histórias com o poder de levar a reflexões sobre momentos de vida. Nesse sentido, um dos gêneros mais recomendados é o romance.  Esse gênero estimula a capacidade psicológica de se colocar no lugar do personagem.  

Faça um diário
Na vida corrida, a chance de estar sempre com a cabeça cheia é alta. Mesmo em momentos de descanso, com o uso excessivo de smartphones e telas, a mente continua sendo estimulada. Com isso, não é possível se conectar a si mesmo para refletir sobre a própria vida. O resultado é uma rotina automatizada e, em algumas vezes, em atividades que não fazem sentido para vida da pessoa. 

Por isso, uma dica é priorizar um tempo, de preferência à noite, para pensar e escrever sobre como foi aquele dia e quais foram os principais sentimentos. Dessa forma, será mais fácil organizar os pensamentos. Ao longo de um tempo, será possível perceber um padrão de comportamento, vontades e preferências.