Nos últimos anos, as startups vem renovando o mundo empresarial: são empresas que estão começando no mercado e ganhando espaço por desafiarem os modelos de negócios existentes.

Um nicho de startups que têm desconstruído paradigmas é o de economia compartilhada que proporciona aos clientes a um novo comportamento de consumo mais consciente. E, nessa lista, estão empresas gigantes, como Uber e Airbnb, até startups menos conhecidas, porém, igualmente, inovadoras, como Buser, que oferece uma plataforma digital para fretar um ônibus e dividir o valor do frete.

De acordo com a StartSe, o maior banco de dados de startups do Brasil, existem mais de 9 mil startups registradas no país de diversos tamanhos e que atendem números variados de clientes.

Portanto, acreditar que o tamanho da empresa define a capacidade de entrega e atendimento é um mito que, durante anos, foi tido como verdade. Uma frase muito repercutida sobre esse pensamento é “ninguém é demitido por contratar a IBM”. Hoje, a inovação é o principal alicerce no momento da escolha de um fornecedor.

Um exemplo é a empresa iFractal, pioneira em software para gestão de pessoas em nuvem, que apostou no modelo Cloud para gestão de pessoas quando ainda ninguém acreditava. “Tivemos que superar a barreira de mostrar ao mercado que o software nacional tem todas as condições de competir e, até mesmo, ser superior e mais funcional”, afirma Marcelo Germano de Oliveira, diretor comercial da iFractal.

As mais desejadas

Uma pesquisa recente do LinkedIn selecionou as 25 startups mais desejadas no Brasil. Durante o processo, foi avaliado o crescimento do quadro de funcionários, interesse de candidatos a vagas de emprego, engajamento com a empresa e nível de atração exercido pela startup. A fintech Nubank, que já ultrapassou a marca de 1 milhão de clientes, lidera a lista.

Marcelo, diretor comercial da iFractal, comenta que sente orgulho por ter o Nubank e a Sky.One, entre as startups mais desejada na pesquisa, na carteira de clientes. “Assim como a iFractal, o Nubank e a Sky.One são empresas que desafiaram o modelo de negócio existente e continuam assim”.