IMG Artigo Especial Liamar Fernandes

Um líder para atingir um nível de excelência em gestão precisa ficar atento a um aspecto muito importante que denomino como VISÃO SISTÊMICA e que vemos em poucos profissionais, inclusive nos próprios CEOs. Isto é o que percebi e ainda percebo no decorrer dos meus 40 anos de experiência profissional com foco em desenvolvimento humano.

Por que é raro encontrar este aspecto nos executivos? Porque o executivo visionário pensa em curto, médio e longo prazo, ele tem visão de águia, ou seja, vê mais distante e enxerga o todo.

Você sabia que se tivéssemos uma visão de águia conseguiríamos ver uma formiga sobre um prédio de 10 andares? Águias enxergam 5 vezes mais que a média do ser humano. Se desenvolvêssemos a fóvea (região central) da retina dos nossos olhos, perceberíamos o mundo de uma maneira muito mais abrangente, ampla, com muito mais consciência, e assim, sofreríamos muito menos porque nos anteciparíamos e agiríamos com próatividade.

O que acontece com a maioria dos executivos é de que os mesmos possuem um comportamento de executor, aquele do curto prazo, apagador de incêndio, reativo, centralizador e fazendo atividades operacionais, (que qualquer um pode fazer) e não estratégicas (que realmente só você pode fazer e  agregam real  valor ao negócio), ao qual ele foi pago para fazer.

A visão sistêmica implica em enxergar a empresa como cultura, processos, parcerias, clientes, pessoas; mercado nacional e internacional para que você possa criar e inovar; sociedade, lembrando o que a sua empresa agrega de valor a sociedade e o planeta onde se aplica a responsabilidade social já que não podemos esquecer de que por falta desta responsabilidade, estamos enfrentando muitos desafios em todo o planeta terra.

Para o líder atingir excelência em sua gestão é necessário:

• Medir em que estágio se encontra a sua empresa e equipe;
• Traçar um Planejamento a curto, médio e longo prazo;
• Sensibilizar e envolver literalmente o  Board da empresa;
• Capacitar toda a equipe;
• Criar Indicadores de Resultados;
• Entrar em AÇÃO;
• Melhoria Contínua.

E para finalizar, o CEO precisa ser o exemplo e o modelo para sua equipe.