Imagem: Divulgação / Brotas Eco Resort

O Brotas Eco Resort apresenta o conceito Adventure Business de treinamentos corporativos. De forma econômica, o resort elaborou a programação de uma diária com diversas atividades. Os treinamentos corporativos propõem formas dinâmicas e criativas de capacitar pessoas por meio de atividades relacionadas a natureza, tais como lançamento de foguetes, em que instiga o grupo ao planejamento e ao trabalho em equipe, trilha de regularidade com provas de orientação, nas quais o planejamento, diálogo, raciocínio rápido são fundamentais para obter bons resultados, o rafting como ferramenta de liderança, atividades com cordas para desenvolver a superação de dificuldade e enfrentar novos desafios. “Em meio à natureza, os participantes são estimulados a sair da zona de conforto e se aventurar em dinâmicas que os levam a discutir ações pertinentes ao comportamento e a participação dentro da empresa”, explica Marília Rabello, gerente do resort.

A Laços Corporativos oferece soluções em flores para o mercado corporativo. Um dos diferenciais da empresa é proporcionar aos clientes um atendimento personalizado, onde um gerente comercial reúne-se com as equipes ligadas às ações de homenagens a colaboradores, parceiros e clientes e entende exatamente as suas necessidades. “Nessas reuniões, entendemos as necessidades do cliente e passamos a oferecer um serviço personalizado que garante desde ajustes no faturamento e customização total de um sistema de pedidos online até sua completa gestão. Sempre preservando os diferenciais já oferecidos a todos os clientes, como atendimento 24 horas e entregas em todo o país” , explica Eduardo Gouveia, diretor do Grupo Laços Flores.

Já a Catho Empresas, unidade de negócios voltada para clientes corporativos, mostra duas novidades: o “por dentro das empresas” e o “apoio à recolocação”. O primeiro permite que funcionários registrem avaliações sobre companhias nas quais trabalharam. O segundo possibilita que empresas ofereçam a funcionários demitidos uma assinatura da Catho, facilitando a recolocação no mercado de trabalho. “Nosso objetivo é que a assinatura possa ajudar empresas a compor um plano de desligamento, que aumente as chances do profissional se recolocar no mercado de trabalho”, declara Luis Testa, diretor da Catho.